domingo, 17 de julho de 2011

Instante




E em todo esse silêncio
o mais difícil mesmo é decifrar
o que nele está contido:
coisas caladas, perdidas sem nome

em invisíveis transparências.
E fico a olhar nuvens,
a mastigar palavras

e nos passos pela casa,
sorvo este instante

de indefiníveis invisibilidades.


(Imagem: Aquarela de Marlene Edir Severino)
Julho, 17 de 2011

3 comentários:

  1. o desafio do poeta é tentar decifrar e dar sentido ao silêncio, retirando dele as palavras ocultas, que mudam a cada instante, instante que nunca mais será o mesmo. a palavra do poeta eterniza esse instante, como fez agora, de maneira singela e belíssima.

    beijo, minha amiga!

    ResponderExcluir
  2. Amigos um belo dia do amigo pra vcs... na musica do milton nascimento e fernando brant a belíssima _Canção da América_, nada pode representar melhor um amigo e a sua importância...

    Canção da América

    Amigo é coisa pra se guardar
    Debaixo de sete chaves,
    Dentro do coração,
    assim falava a canção que na América ouvi,
    mas quem cantava chorou ao ver o seu amigo partir,
    mas quem ficou, no pensamento voou,
    com seu canto que o outro lembrou
    E quem voou no pensamento ficou,
    com a lembrança que o outro cantou.
    Amigo é coisa para se guardar
    No lado esquerdo do peito,
    mesmo que o tempo e a distância, digam não,
    mesmo esquecendo a canção.
    O que importa é ouvir a voz que vem do coração.
    Pois, seja o que vier,
    venha o que vier
    Qualquer dia amigo eu volto a te encontrar
    Qualquer dia amigo, a gente vai se encontrar.

    depois disso é esperar que nossos corações emocionem-se com nossas amizades como emocionamo-nos qdo ouvimos esta declaração de amor, tão maravilhosamente interpretada na voz do meu querido milton nascimento.

    e esperar que cada um de nós escute o que fala o nosso coração...ate pq tudo que eu queria dizer eles já falaram, faço minha a voz deste gigante da nossa musica.

    beijinhos queridos um belo dia do amigo todos...
    Rascunhos2

    ResponderExcluir
  3. Silêncio! Gosto dessa palavra. Embora represente a ausência de SOM, ela mais que qualquer outra é reveladora, nos faz ver, ouvir e sentir coisas que com o barulho externo e principalmente interno, deixamos de perceber.

    Adorei o blog e já sou seguidora ;)

    ResponderExcluir